google.com, pub-4370786340969708, DIRECT, f08c47fec0942fa0 Professor de inglês Sergio: Inglês: Principais dúvidas de gramática

sábado, 18 de abril de 2020

Inglês: Principais dúvidas de gramática


Dúvidas de inglês

Independente do nível de aprendizado que você está, você deve possuir algumas dúvidas que a maioria dos alunos têm. Afinal de contas, a gramática é um assunto que gera insegurança. Tenha calma! Existem alguns erros que grande parte dos alunos comete e eles serão listados aqui. Compreendendo cada um, você será capaz de não cometê-los mais!


Se esquecer do “It”
Este é um erro muito habitual. Muitos, até os experts no idioma, ainda confundem o seu uso! Na língua portuguesa, é muito comum escondermos os sujeitos das frases. Por exemplo: “É legal”. Aqui, o sujeito é impessoal.  Porém, essa frase é impossível de ser traduzida ao inglês sem um sujeito definido. Portanto, sua tradução seria “It’s cool”.
“It” também é utilizado em expressões, como “It’s sunny”, que tem o significado de “Está ensolarado”.

Confundir a pronúncia e a escrita de “Your” e “You’re”
Além de ser bem complicado de usá-las de forma correta dentro dos textos, muitos ainda possuem uma dificuldade extra: a pronunciação.  Isso é bem fácil de entender, pois elas são bem parecidas.
Para que você não confunda, siga este exemplo:
Your: Possui o significado de seu/sua.
·         There's your shirt. (Ali está a sua camiseta).
You’re: Possui o significado de você é/você está. Esta é a contração de “You are”, usado em inúmeras conversas.
·         You're very smart. (Você é muito inteligente).

Não utilizar o sufixo – ING depois das preposições
No inglês é OBRIGATÓRIO usar a terminação ING quando os verbos sucedem as preposições. Por exemplo:
·         Thanks for helping me. (Obrigado por me ajudar).
Aqui, temos a preposição “FOR” seguida do verbo “TO HELP”. Neste caso, o uso do ING se torna indispensável.
As frases precisam ser construídas de forma correta, para que não haja confusões quanto a compreensão do que está sendo comentado.

No hay comentarios:

Publicar un comentario